Coloproctologia

O público alvo beneficiado abrange homens e mulheres com patologias anorretais como, por exemplo, a constipação intestinal, incontinência fecal, dor anorretal e proctalgias.

A incontinência fecal é a incapacidade de reter flatos ou fezes até hora e local apropriados. Perda da capacidade voluntária de reter o conteúdo intestinal. As causas são: lesões diretas nas estruturas musculares, problemas congênitos, doenças sistêmicas, metabólicas ou neurológicas. A incontinência fecal é mais freqüente nas mulheres tornado-se mais prevalente com o aumento da idade.

Em condições normais, o funcionamento intestinal obedece a um mesmo horário em geral após alguma refeição, pelo movimento propulsivo do cólon, decorrente do reflexo gastrocólico. Os critérios de diagnóstico para constipação são quando em mais de 25% das evacuações ocorre  muito esforço, fezes duras ou síbalos, sensação de evacuação incompleta, sensação de obstrução anorretal, manobras manuais para facilitar e menos de três evacuações por semana.