Algias Pélvicas

As dores pélvicas podem ter diversas causas, entre elas as causas genitais, urológicas ou intestinais

A Cistite Intersticial é um distúrbio crônico do sistema urinário e se apresenta como um distúrbio crônico do sistema por onde a urina é expelida. Apresenta-se como urgência em urinar, aumento da freqüência urinária e dor pélvica crônica. É comum ocorrer exacerbação no período pré-menstrual. Atinge preferencialmente, mas não exclusivamente, mulheres em idade reprodutiva. Os sintomas presentes são: dor pélvica, dor quando a bexiga está cheia, aumento do número de micções ao dia, idas ao banheiro à noite, urgência miccional, ardência ao urinar, dor nas relações sexuais e dor vaginal. Além disso, podem estar presentes depressão, fadiga, desânimo, insônia. A ingestão de alguns alimentos pode piorar os sintomas, especialmente café, álcool e alimentos apimentados. 

No Brasil, 10% das consultas ginecológicas e 33% das laparoscopias são realizadas devido a Dor Pélvica Crônica. Nos Estados Unidos um estudo mostrou que 16% das mulheres que já relataram problemas com dor pélvica, 11% têm sua atividade domiciliar limitada pela dor, 16% fazem uso de medicações e 4% perdem pelo menos um dia de trabalho devido à intensidade da dor.